Ir para o conteúdo

MAPFRE Saúde dá dicas para não sofrer com o fim do horário de verão

São Paulo, 8 de fevereiro de 2019 - Apesar da pouca diferença no relógio, algumas pessoas podem sofrer com o fim do horário de verão, marcada para a virada de sábado (16) para domingo (17) de fevereiro. Algumas atitudes simples na rotina podem ajudar o organismo a se adaptar melhor ao atraso de uma hora no relógio.

De acordo com o médico Roberto Cury, responsável técnico da MAPFRE Saúde, a mudança no horário provoca alterações hormonais e metabólicas, que podem afetar a qualidade do sono e, consequentemente, diminuir disposição durante o dia e causar dores de cabeça. O fim do horário de verão é especialmente difícil para quem precisa acordar mais cedo. “As pessoas continuam dormindo mais tarde, enquanto o seu relógio biológico ainda não se acostuma ao novo horário, ou seja, essa mudança pode prejudicar o rendimento do corpo ao longo dos primeiros dias”, explica. “Alguns grupos de pessoas que sofrem mais com a volta ao regime antigo, por exemplo, os diabéticos podem ter mais dificuldade de controlar a glicemia.”

Veja mais algumas dicas de como se adaptar ao fim do horário de verão:

  1. Seja precavido e antecipe o horário de dormir cerca de 20 ou 10 minutos nos três dias antes do fim do horário de verão. Dessa forma, o organismo se acostuma de maneira mais rápida ao novo horário;
  2. Evite fazer atividades físicas no à noite no fim de semana e, se possível, exercite o corpo durante o dia para gastar mais energia;
  3. Tenha uma alimentação mais leve à noite e lembre-se de não consumir bebidas energizantes ou com cafeína, por exemplo, refrigerantes a base de cola, chá preto e mate;
  4. Preze por um sono mais tranquilo, relaxado e silencioso. Para isso, é imprescindível desligar a televisão, o computador e deixar o celular longe da cama;
  5. Ao acordar abra a janela. A luz ajuda a suprimir o hormônio do sono, a melatonina, fazendo o corpo despertar;
  6. Aproveite essa uma hora adicional no dia e descanse mais. Esse tempo a mais sono auxilia na readaptação do organismo.

SOBRE A MAPFRE - No país desde 1992, a MAPFRE Brasil é parte do grupo espanhol que forma uma das maiores empresas de prestação de serviços nos mercados segurador, financeiro, de saúde e pesquisa do mundo. Sólida e inovadora, está presente nos cinco continentes e conta com mais de 36 mil colaboradores. Em 2017, suas receitas atingiram cerca de 28 bilhões de euros com lucro líquido de 701 milhões de euros. Especialista em seus segmentos, a MAPFRE opera com bases de negócios sustentáveis e no Brasil atua em seguros, investimentos, consórcios, capitalização, previdência, saúde e assistência. A companhia ainda mantém a Fundación MAPFRE, instituição sem fins lucrativos, que promove e desenvolve atividades de interesse geral da população. Mais informações sobre produtos e soluções: www.mapfre.com.br.

A unidade MAPFRE Saúde chegou ao mercado com um novo modelo de prestação de serviço, com foco na participação ativa da vida cotidiana de seus beneficiários, oferecendo apoio e suporte. A área conta com uma rede credenciada própria, além do Programa Vida Saudável como diferencial, com foco em promoção à saúde e prevenção.

Informações para imprensa - CDN Comunicação
mapfre@cdn.com.br
Henrique Alves | + 55 11 3643-2736
Ana Beatriz Paschoal | + 55 11 3643-2737

Voltar ao topo