Ir para o conteúdo

CESVI BRASIL dá dicas para não ficar na estrada durante o carnaval

São Paulo, 21 de fevereiro de 2017 – Há menos de uma semana do Carnaval 2017, muitos motoristas se prepararam para fazer as malas, pegar a estrada e aproveitar esses quatro dias de festa. Entretanto, antes de colocar o carro no asfalto, alguns cuidados simples e práticos podem evitar que toda essa folia se transforme em prejuízo para o bolso e uma forte dor de cabeça. É pensando nisso, que o CESVI BRASIL, Centro de Experimentação e Segurança Viária da MAPFRE, elencou alguns itens básicos do carro que podem ser verificados sem sair de casa.

“A inspeção no veículo é muito simples. A primeira etapa é verificar o conjunto de iluminação e sinalização, por exemplo, basta acionar os faróis, lanternas, luzes de freio e setas e observar se as lâmpadas estão funcionando normalmente. Outra verificação rápida é a dos níveis de fluidos como do óleo do motor, de arrefecimento, dos freios e do limpador de para-brisas”, comenta Alessandro Rubio, coordenador técnico do CESVI BRASIL, da MAPFRE. “Todas as marcas ideias e instruções de como verificar estão descritas no manual do proprietário e, em geral, podem ser feitas de forma muito rápida e prática”, complementa.

Além destes problemas, ao ligar o veículo, o motorista deve ficar atento ao painel do carro, para identificar se todas as luzes indicadoras estão funcionando corretamente. Contudo, o especialista recomenda uma análise mais cuidadosa nos pneus e no estepe do veículo. “Avalie o nível de desgaste e pressão de todos os pneus, incluindo o estepe, já que eles quando estão gastos e descalibrados, perdem aderência ao solo em determinadas situações e podem trazer riscos para a segurança de quem está no veículo”, finaliza.

Confira o que não pode faltar no seu check-list pré-folia:

Cuidado com os blocos de rua -
Durante o Carnaval, é comum a realização dos chamados blocos de rua, em que há a aglomeração de pessoas. E o pior, geralmente distraídas. Por isso, motoristas devem ficar atentos às ruas que estarão fechadas para esses eventos e dirigir com cautela, prestando atenção nos limites de velocidade, em vias próximas a área reservada. Já aos pedestres, é recomendável que utilizem as faixas para travessia e que evitem ficar isolados em vias de grande circulação em que estarão permitidas a circulação de carros.

Cinto no banco de trás - O uso do cinto de segurança é essencial em qualquer transporte, inclusive para os passageiros que estão utilizando o banco de atrás. É muito importante só iniciar o deslocamento depois que todos os passageiros já estiverem utilizando os cintos ajustados a seus corpos, já que em caso de acidentes como colisões frontais, os ocupantes da frente podem se ferir com o peso de quem está no banco de trás. Pelo CTB (Código de Trânsito Brasileiro), quem for pego sem o cinto de segurança arcará com uma infração grave, multa de R$195,23 e cinco pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

Uso de celular - O telefone celular só pode ser usado quando o veículo estiver estacionado. Portanto, enquanto o carro estiver em deslocamento, o aparelho pode ser utilizado somente na função GPS, deve estar devidamente fixado e recomenda-se que utilize apenas as instruções de áudio, evitando assim distrações com tela do aparelho. Dirigir utilizando aparelho celular nas mãos é proibido por colocar a vida do motorista, passageiros e terceiros em risco. Esta é considerada uma infração gravíssima, com multa de R$ 293,47, além de custar 7 pontos na CNH.

Bebida, fadiga e distrações - Em caso de ingestão de bebidas ou de cansaço, prefira aguardar ou descansar até que passem os efeitos. O sono e a baixa de reflexos é uma condição perigosa para a direção e deve ser evitada.

Limites de velocidade - Quanto mais rápido estiver o carro, menores as chances de prevenção de acidentes. Ficar atento aos limites de velocidade e respeitá-los é uma boa pedida. A 100 km/h, por exemplo, um carro percorre 28 metros, o que equivale a sete carros populares enfileirados. Qualquer manobra nesta velocidade se torna muito difícil.

Ultrapassagem - Em regra, a ultrapassagem deve ser feita pela esquerda, sendo obrigatório que o condutor siga alguns passos, como certificar-se de que não há condutor ultrapassando o seu próprio veículo no momento da manobra e indicar, com antecedência, mediante uso das setas o que fará. 

Cuidados nas rodovias - Ao dirigir nas estradas, é bom os condutores respeitarem os limites de velocidade de cada uma e obedecer às sinalizações das vias. Verificar o melhor horário de viagem é uma boa alternativa para evitar tráfegos intensos. Se possível, é preferível viajar pela manhã, período em que a visibilidade tende a ser melhor. Recomenda-se também que se tenha os telefones das concessionárias de rodovias e telefones de emergências das vias que for trafegar.

Transporte de crianças - Atente-se aos equipamentos de segurança adequados à cada idade, peso e altura da criança. O uso de cadeirinhas é obrigatório desde 2008 para os pequeninos com até 7 anos e meio de idade. E não esqueça de prendê-la adequadamente ao veículo, seja pelo cinto de segurança ou por dispositivo tipo ISOFIX.
Para mais informações sobre o CESVI BRASIL, basta acessar o site www.cesvibrasil.com.br.

Sobre o CESVI BRASIL
Fundado em 1994, o CESVI BRASIL (Centro de Experimentação e Segurança Viária), pertencente ao Grupo MAPFRE, é o único centro de pesquisa brasileiro dedicado à segurança viária e veicular e à disseminação de informação técnica para o setor e também para a sociedade. Foi o primeiro centro da América Latina e é membro do RCAR (Research Council for Automobile Repairs), uma associação internacional de centros de pesquisas de seguros com os mesmos objetivos.  Para conhecer as atividades do CESVI, acesse www.cesvibrasil.com.br, e também acompanhe as novidades pelo Twitter, Facebook, e YouTube em: www.twitter.com/cesvibrasil, www.facebook.com/cesvibrasilwww.youtube.com/user/cesvibrasil. Mais informações sobre reparação automotiva também podem ser acessadas no blog: www.clubedasoficinas.com.br

Outras informações sobre CESVI BRASIL:
CDN – Comunicação
Henrique Alves | + 55 11 3643-2736 | henrique.alves@cdn.com.br
Leandro Machado | + 55 11 3643-2784| leandro.machado@cdn.com.br

Voltar ao topo