Ir para o conteúdo

Seguro repõe faturamento ao produtor em caso de perdas

Os impactos financeiros causados por eventos climáticos são uma das principais preocupações do produtor, que investe boa parte de seus recursos financeiros e limite de crédito em insumos, mão de obra, terra e maquinário sem saber se terá bom faturamento com a safra.

Para minimizar os riscos de eventuais perdas, uma alternativa aos seguros agrícolas tradicionais é a modalidade “faturamento”, que protege a lavoura de adversidades climáticas e, ainda, assegura alguma renda ao produtor, mesmo em caso de queda de preços na colheita.

O GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE oferece o produto “BB Seguro Agrícola Faturamento” às culturas de soja, milho e café. O seguro indeniza o produtor nos casos de perdas provocadas exclusivamente por chuva excessiva, tromba d’água ou granizo que venham a causar a morte das plantas, e também nos casos em que ocorre a queda no preço da cultura segurada no mercado, segundo média da bolsa de mercadorias e futuros.

“O objetivo é deixar o produtor tranquilo para investir na produção porque, se o clima causar perda de produtividade ou houver queda de preço de mercado da cultura no momento da colheita, o faturamento obtido pelo produtor será menor, mas a seguradora garantirá parte do valor esperado pela venda da safra”, explica Wady Cury, diretor geral de Riscos Rurais do GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE.

Como funciona na prática

Considerando uma plantação de 50 hectares em um município onde a produtividade média esperada é de 50 sacas por hectare e o preço esperado da cultura segurada na época da colheita em data de execução pré-fixada na apólice segundo referencial da BM&FBovespa seja R$ 40 por saca, por exemplo, o faturamento esperado será de R$ 100.000,00.

Adquirindo o BB Seguro Agrícola, em caso de perdas por chuva excessiva, tromba d’água ou granizo, o produtor poderá garantir um percentual entre 60 e 85% do valor esperado pela venda da safra, conforme a cultura e município. Supondo que o produtor contrate um nível de cobertura de 70%, o Faturamento Garantido pela apólice será se R$ 70.000,00.

Ainda seguindo o exemplo, supondo que o produtor tivesse perdido produtividade em decorrência de uma seca e a seguradora tivesse apurado que a produtividade média obtida na área segurada era de 30 sacas por hectare, com preço do produto físico a R$ 35 por saca no mercado físico na data de execução estipulada na apólice. Nessa situação, o Faturamento Obtido seria de R$ 52.500,00, considerando variação cambial, uma vez que o preço é referenciado em dólar. Ou seja, a seguradora indenizaria a diferença entre o Faturamento Obtido e Faturamento Garantido na apólice, que no exemplo sugerido acima seria de R$ 17.500,00.

“Caso sofra redução de produtividade em razão de algum evento climático garantido pela apólice, o produtor deverá comunicar a ocorrência à seguradora, que enviará um perito para apurar as perdas. A redução de preço da cultura não precisa ser comunicada, pois esta variável é analisada automaticamente pela seguradora e indenizada quando for o caso, mesmo que não tenha sido comunicado o sinistro”, explica Cury.

Critério para contratar
Para a contratação do “BB Seguro Agrícola Faturamento” é necessária a apresentação do croqui da área segurada com pontos georeferenciados que estabeleçam sua localização e limites, além da assinatura da Proposta de Adesão e do Termo de Responsabilidade.

É condição essencial para a indenização que o acidente à cultura segurada tenha ocorrido em área maior ou igual à área mínima da cobertura de replantio, estipulado na apólice de seguro.

Outra condição é que o replantio seja realizado dentro do período e das condições estabelecidas pelo Zoneamento Agrícola (ZOAGRO). O limite máximo de indenização será o tamanho da área segurada em hectares multiplicada pelo valor segurado por hectare.

Sobre o GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE
Resultado da união estratégica entre o Banco do Brasil e a MAPFRE Seguros, o GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE conta com mais de 6 mil colaboradores, mais de 65 mil pontos de venda, incluindo corretores e agências bancárias. Possui um dos mais amplos portfólios de produtos do mercado, além de unidades de negócios especializadas, presença territorial abrangente e distribuição multicanal.

Mais informações com CDN Comunicação
Fernanda Monteiro – 11 3643-2804, e-mail fernanda.monteiro@cdn.com.br
Patricia Polo – 11 5111-1051, e-mail t_ppolo@bbmapfre.com.br; patricia.polo@cdn.com.br
Natália Dias – 11 3643-2820, e-mail natalia.dias@cdn.com.br
Harley Moreira – 11 3643-2767, e-mail harley.moreira@cdn.com.br

Voltar ao topo