Menú Principal
Menú Principal

Prós e contras de remover a válvula EGR

Você tem um carro a diesel e está pensando em remover a válvula EGR (Exhaust Gas Recirculation) do seu auto para melhorar o desempenho do motor? Conheça os prós e contras de removê-la antes de tomar a decisão.

A válvula EGR é um dispositivo colocado no sistema de escape que reduz as emissões de poluentes, especialmente em carros a diesel, embora também seja instalada em motores a gasolina. Muitos motoristas pensam em cancelar essa válvula para evitar certos problemas, embora, por outro lado, apesar das vantagens, também acarrete uma série de inconvenientes.

A válvula recebe esse nome pela sigla em inglês ( EGR = Exhaust Gas Recirculation /Recirculação de Gases de Escape). Este sistema permite que uma parte dos gases de escape seja recirculada para o circuito de admissão, para que sejam combinados com a mistura e ajudem a baixar a temperatura de combustão. Isso reduz muito a emissão de gases poluentes e, no caso do diesel, reduz as emissões de óxido de nitrogênio nocivo.

Retirar a válvula EGR: mais potência em baixas rotações
Quando aceleramos com o motor em rotações baixas ou médias, essa válvula se abre. Nesses momentos de baixa demanda, a redução no desempenho produzido pela recirculação de gases queimados com menos oxigênio é menos perceptível. Quando acelera fundo e o motor sobe em curvas, a válvula fecha de forma que só entre ar fresco na mistura, aumentando o desempenho e com isso o calor na combustão, que produz mais óxido de nitrogênio.

Como já dissemos, alguns usuários decidem removê-la para obter mais potência quando o carro circula em rotações baixas e médias. Nas altas rotações nenhum benefício será percebido, porque quando se acelera fundo, a válvula permanece fechada.

Essa remoção também poderia trazer um consumo menor no longo prazo, já que melhora o desempenho em baixas rotações e, ao não recircular gases queimados, evita que as impurezas sejam depositadas nos condutos e válvulas dos cilindros, diminuindo o desempenho do motor.
Mas o cancelamento da válvula EGR não tem apenas vantagens.

Conheça os contras desta prática:

  • Maior emissão de gases poluentes na faixa de maior uso do motor diesel.
  • É provável que o carro não passe no inspeção veicular devido ao excesso de poluição.
  • Mais ruído e rugosidade de operação em baixas e médias rotações, porque o motor e sua injeção estão preparados para funcionar com uma parte dos gases queimados. Portanto, se remover esta válvula, você receberá apenas ar fresco em baixas rotações.
  • O motor leva muito mais tempo até atingir a temperatura ideal e, portanto, aumenta o consumo a frio.

Conhecendo os prós e contras de anular a válvula EGR, é aconselhável fazê-lo apenas quando estiver dando problemas reais. É uma prática legal, embora o único inconveniente seja o referido a inspeção veicular. Se o seu carro possui uma válvula EGR a vácuo de design antigo, se não der problemas, é preferível deixá-la e verificar seu status nas principais revisões. Além disso, para conduzir com total conforto, escolha um seguro auto MAPFRE que oferece as coberturas mais completas para cada caso específico.

Artigos

Vantagens e desvantagens dos carros movidos a hidrogênio

Vantagens e desvantagens dos carros movidos a hidrogênio

Nos últimos anos, a evolução dos carros tem sido contínua . As tentativas constantes de trazer ao mercado modelos de automóveis mais sustentáveis e menos poluentes impulsionaram o surgimento dos veículos movidos a hidrogênio. Esse modelo de automóvel possui tanques de...

ler mais
O que é um carro autônomo?

O que é um carro autônomo?

Quando o assunto são os tipos de automóveis que existirão no futuro, uma categoria que se destaca bastante e deverá ganhar espaço ao longo dos próximos anos é a dos carros autônomos. Desde a virada do milênio, esse tipo de veículo vem sendo idealizado e aprimorado de...

ler mais