Menú Principal
Menú Principal

QUER UMA COTAÇÃO?

365415~|mapfre~|COCHE-32~|

Carro

365415~|mapfre~|ELECTRODOMESTICOS-32~|

Comércio

365415~|mapfre~|HOGAR-32~|

Residencial

365415~|mapfre~|VIDA-Y-DECESOS-32~|

Vida

Home > Para Você > Seguro de Carro > Artigos: Auto e Moto > O que significa os sinais de trânsito
significado da sinalização de trânsito

O que significa os sinais de trânsito

Uma dos aspectos mais importantes do curso de direção é compreender como funciona o sistema de sinalização de trânsito no país, criado para ordenar a circulação dos automóveis pelas estradas, vias rurais e urbanas. Ao contrário do que muitas pessoas imaginam, os sinais de trânsito não foram inicialmente adotados pelas autoridades governamentais, e sim, por empresas fabricantes de pneus da Itália e dos Estados Unidos, ainda no início do século XX.

Atualmente, apesar de não existir um único padrão global determinando para que serve os sinais de trânsito, o sistema de sinalização ao redor do mundo é similar, graças à Convenção sobre Trânsito Viário, um acordo internacional firmado em 1968, responsável por estabelecer algumas diretrizes essenciais.

Principais sinais de trânsito

A regulamentação das placas no país é coordenada pelo CTB (Código de Trânsito Brasileiro), por meio do Contran (Conselho Nacional de Trânsito). Dito isso, o primeiro passo para compreender o que significa os sinais de trânsito no Brasil é memorizar que as placas se dividem em três categorias principais, que são:

  1. regulamentação
  2. indicação e
  3. advertência.

Confira a seguir qual é a utilidade de cada categoria de placas e como identificá-las.

Placas de Regulamentação

Entre os diferentes tipos de sinais de trânsito, as placas de regulamentação possuem o intuito de informar aos motoristas e pedestres sobre as condições, restrições proibições e obrigações relacionadas ao uso das vias. De acordo com as normas definidas pelo Contran, o desrespeito à essas placas é classificado como uma infração de trânsito.

Para saber como identificá-los, basta memorizar que os sinais de regulamentação possuem um fundo branco e bordas vermelhas, além de terem quase sempre um formato redondo, com exceção das placas de “Dê a Preferência”, que é triangular, e “Parada Obrigatória”, que é hexagonal.

Ao todo, existem 51 sinais de regulamentação, incluindo, por exemplo, as placas de proibição de parar e estacionar, proibição de retornos e a indicação de altura e largura máxima suportadas pela pista.

Placas de Advertência

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, as placas de advertência têm o objetivo de alertar motoristas e pedestres acerca de condições potencialmente perigosas da via, e informar sobre a sua natureza. Essas placas de trânsito possuem a borda preta e o fundo amarelo, com exceção da placa de “Obras”, que conta com um fundo laranja. Em relação ao seu formato, elas são dispostas em losangos ou em formato retangular.

No total, existem 69 sinais de advertência, os quais incluem placas de curvas e curvas acentuadas, pista sinuosa, pista irregular, declive, estreitamento de pista, pista escorregadia, entre outras.

Placas de Indicação

Os sinais de indicação existem para informar ao motorista sobre cidades, vias e locais específicos, indicando distâncias, percursos e serviços. O Código de Trânsito Brasileiro ainda descreve que essas placas servem para educar motoristas e pedestres sobre destinos e localizações.

Nessa categoria, os sinais de trânsito classificam se em subcategorias, que são: identificação, atrativos turísticos, educativas, serviços auxiliares e orientação de destino.

 – Identificação:  Informam sobre rodovias, destinos e suas respectivas distâncias. Costumam ser representadas pela cor verde.

 – Atrativos turísticos:  São os sinais que indicam sobre as atrações turísticas de uma determinada região, e incluem placas indicativas de distância, sentido e posicionamento na pista para chegar até o atrativo turístico.

 – Educativas:  São responsáveis por repassar a motoristas e pedestres recomendações diversas, com o objetivo de trazer maior conscientização acerca da segurança no trânsito. Entre elas, estão placas sobre o uso do cinto de segurança, verificação dos freios e a importância de obedecer a sinalização.

 – Serviços auxiliares: Informam sobre serviços de apoio situados no decorrer da via, como pronto socorro, hotéis, aeroporto, abastecimento e área de estacionamento para trailer.

 – Orientação de destino:  Indicam a direção e a distância até diferentes destinos. São representadas normalmente nas cores azul ou verde.

Outras placas

Consideradas complementares, há ainda as chamadas placas de sinalização de obras, que indicam condições especiais da pista, e as placas de sinalização horizontal, que indicam aos motoristas sobre o sentido da via, sua topografia e estado de conservação.

Após compreender o que significa os sinais de trânsito, não deixe de conferir as diferentes opções de seguro automóvel MAPFRE, as quais incluem soluções para carro, moto, caminhão e táxi.

Artigos

Onde fica o chassi do carro?

Onde fica o chassi do carro?

O chamado número do chassi é uma espécie de documento de identidade do automóvel. Cada veículo possui seu próprio número e, desde o ano de 1981, é formado por 17 caracteres, entre letras e números. Essa sequência alfanumérica é conhecida de forma oficial como Número...

ler mais
O que significa a cor da fumaça do carro?

O que significa a cor da fumaça do carro?

Quando o automóvel apresenta uma fumaça diferente saindo de seu escapamento, é preciso ficar alerta pois a tonalidade da fumaça pode ser um indício de problemas específicos no motor. Para saber mais sobre o tema, descobrir o que significa a cor da fumaça do carro e...

ler mais
Como limpar o vidro do carro?

Como limpar o vidro do carro?

Manter os vidros do carro sempre limpos e higienizados parece uma tarefa simples, mas quando feita de maneira incorreta, pode embaçar ainda mais o vidro e prejudicar a visibilidade do motorista. Por essa razão, é muito importante saber como limpar o vidro do carro e...

ler mais