Ir para o conteúdo

Como fazer um seguro de vida?

Seu desejo é garantir que as pessoas queridas fiquem amparadas caso você venha a faltar? Então é fundamental fazer um seguro de vida. Afinal, é importante ter uma apólice, para que os segurados recebam um apoio financeiro caso algo aconteça. Antes de contratar qualquer seguro de vida, é bom saber que existem vários tipos. Veja o passo a passo de como escolher o seguro mais adequado para sua realidade e contratá-lo!

Passo a passo: como fazer um seguro de vida

Conheça conceitos e detalhes que você precisa considerar:

Entenda a diferença entre seguro de vida e seguro acidente

Às vezes a pressa para contratar um seguro é tanta que a pessoa acaba se confundindo em meio às opções. Ainda mais que o seguro acidentes é mais barato e parece atrativo, mas é necessário saber diferenciar o seguro de vida do seguro acidente. Quando você tem um seguro acidente, a apólice só será paga aos beneficiários se a morte for decorrente de um acidente coberto pelo plano. Dessa forma, morte natural não é coberta. Já no caso do seguro de vida, qualquer tipo de morte, acidental ou não, é coberta. Sem contar que há seguros de vida mais completos, que oferecem até auxílio doença.

Escolha a melhor cobertura

Agora que você já conhece as diferenças entre o seguro acidentes e de vida, saiba que há diversos tipos de planos de seguro de vida. Desde os que cobrem apenas morte e, por isso, são mais baratos, até os que contam com seguro educação incluído. Dessa forma, o próximo passo é pensar o que precisa contemplar no seu seguro de vida para que ele seja completo e proporcione a você e seus beneficiários precisam. Dentre as possibilidades de combinações de coberturas estão:
  • Auxílio funeral;
  • Indenização em caso de invalidez;
  • Auxílio com despesas odontológicas, médicas e hospitalares;
  • Serviços de assistência residencial, automotiva, nutricional e de medicamento;
  • Seguro em caso de doenças graves;
  • Apólice para casos de câncer de colo do útero ou de mama, no caso de mulheres;
  • Diárias de Incapacidade Temporária (DIT);
  • Diárias por Internação Hospitalar (DIH);
  • Reembolso de gastos com medicamentos;
  • Oferecimento de cesta básica aos segurados, durante algum tempo, em caso de falecimento, entre outros.
Como as possibilidades de cobertura do seguro de vida são muitas, vale identificar o que é mais importante para você. Considere que, quanto maior a cobertura, maior será o valor mensal a ser pago.

Dicas para escolher o seu

Avalie as suas finanças e quanto pode gastar por mês, para saber qual o melhor seguro de vida. Se você está começando a vida e tem crianças em casa, um seguro mais completo pode ser o adequado, para que a familia fique amparada. Agora, se atualmente você não tem um plano se saúde, pode ser interessante contratar um seguro de vida que ofereça reembolso Hospitalar, por exemplo.

Procure por seguradoras

Agora que você já sabe o que deseja proteger, é hora de procurar por seguradoras e verificar os planos. Compare os valores mensais que devem ser pagos, bem como o valor da apólice. Veja qual se encaixa em seu orçamento e em suas necessidades.

Leia a proposta com cuidado

Gostou de alguns seguros? Leia a proposta e avalie as condições de carência, abrangência geográfica, riscos excluídos, entre outros. Só contrate o seguro depois de ter a certeza de que encontrou o que precisa. Gostou das dicas? Então contrate o seu seguro de vida!
Voltar ao topo