Menú Principal
Menú Principal

O seguro residencial cobre inundações?

O seguro residencial cobre inundações?

Na hora de contratar um seguro residencial, é comum que várias dúvidas apareçam. Será que o seguro residencial cobre alagamento? Como fazer para ter essa cobertura?

Por isso, antes de contratar o melhor seguro para o seu patrimônio, esclareça todas as suas dúvidas para encontrar o plano certo para você, com as coberturas de que mais precisa.

Saiba mais sobre a cobertura em casos de alagamentos e inundações.

Seguro residencial e mudanças climáticas imprevisíveis

Ter um seguro residencial é excelente, para garantir que, caso algo aconteça com o seu patrimônio, você esteja amparado. Porém, ao mesmo tempo, é necessário ficar alerta para saber o que a apólice realmente cobre. Veja o que é seguro residencial e quais coberturas você possui em nosso infográfico.

Imagine a cena: você vai para casa, em um dia de chuva intensa, e descobre que a rua da sua casa está alagada. Quando chega no imóvel, vê que entrou água em sua residência e que alguns móveis e eletrodomésticos foram danificados.

Isso deixa qualquer pessoa desesperada, mas quem contrata um seguro residencial de cobertura ampla, que inclui enchentes, inundações e alagamentos, poderá contar com o amparo da apólice.

É importante que você saiba que a maioria dos seguros residenciais não cobre casos como esse, do exemplo acima. Por isso, ao contratar, é preciso escolher um seguro que cubra tudo o que for necessário para a sua realidade.

Leia com muita atenção o contrato, para saber como poderá usar o seguro residencial, caso precise.

Redobre atenção aos termos usados.No geral, as coberturas de enchentes são entendidas como a entrada de água no imóvel causada por um aumento no nível d’água no canal de drenagem, consequente da maior vazão. Dessa forma, atinge-se o nível máximo do canal porque o escoamento da água é insuficientemente lento. Já o acúmulo de água momentâneo por deficiência na drenagem é chamado de alagamento. Há ainda casos de inundações, que são causadas por transbordamentos das águas de um curso de água.

Fique atento aos termos na hora da contratação do seguro residencial.

Seguro contra inundações, como ter um?

Agora que você já conhece as diferenças nos nomes usados e a importância de ter um seguro residencial que cubra inundações e alagamentos, é preciso saber como ter um desses.

Se você mora em área de risco, precisa procurar por uma seguradora que cubra esse tipo de problema. Saiba que a maioria não conta com planos para essa cobertura.

Quando a seguradora cobre problema de inundações, no geral, isso é contratado como um serviço adicional, ou seja, além do plano básico. Será cobrada mais uma taxa para que o seu bem fique coberto em caso de inundações.

Além do valor do seguro que cobre alagamento ser maior, é necessário ficar atento quanto ao termos que citamos anteriormente. Se o seguro residencial cobrir apenas enchente, por exemplo, e a sua casa for acometida por uma inundação, você não terá direito à apólice. Por isso, leia bem o contrato e sane todas as suas dúvidas antes de assinar.

Outro ponto importante é que o ressarcimento feito, quando o seguro cobrir o dano, será de no máximo o valor da apólice. Assim, vamos supor que a pessoa tenha tido R$ 30 mil em prejuízo, mas a apólice dela seja de R$ 10 mil, ela só receberá até R$ 10 mil. O restante do prejuízo não será reposto pela seguradora.

Agora que você já sabe que precisa de um seguro para enchente, é hora de contratar o seu. Entre em contato conosco e adquira um seguro MAPFRE agora mesmo!

Artigos

Como deixar sua casa segura para as crianças

Como deixar sua casa segura para as crianças

Principalmente quem tem crianças em casa precisa zelar para que seu ambiente doméstico seja seguro. Afinal, basta descuidar por um segundo que a garotada pode cair, engolir substâncias tóxicas ou até mesmo se queimar. Com a quarentena imposta às escolas para reduzir a...

ler mais